Publicidade

Acordo Alcançado: Disney e TSG Encerram Disputa por Quebra de Contrato

Diogo Fernandes, 17 de janeiro de 2024 10:29
Acordo Alcançado: Disney e TSG Encerram Disputa por Quebra de Contrato

A Disney e a 20th Century Studios chegaram a um acordo para encerrar uma ação de quebra de contrato movida pela financiadora de filmes TSG Entertainment. As alegações incluíam retenção de lucros e práticas comerciais destinadas a aumentar os assinantes das plataformas de streaming da Disney.

Os termos do acordo foram mantidos em sigilo, conforme notificado pelos advogados das partes em 5 de janeiro.

O processo envolveu uma auditoria independente de três filmes, incluindo o premiado A Forma da Água, revelando que a TSG tinha pelo menos $40 milhões a receber. A TSG alegou que essa falta comprometeu o seu investimento em Avatar 2: O Caminho da Água e impediu opções de investimento em outros filmes.

A disputa incluiu acusações de "Contabilidade de Hollywood", onde a TSG alegou que a 20th Century Studios não creditou receitas, cobrou taxas não permitidas e praticou "auto-negócios" para reduzir os pagamentos de lucros. A Disney, por sua vez, apresentou uma ação buscando confirmar o cumprimento dos termos do acordo.

A TSG destacou mudanças nos períodos de distribuição, alegando que a Disney renegociou acordos para impulsionar o Disney+ e o Hulu, sacrificando parte das taxas de licença garantidas da HBO. A Disney defendeu a sua "discricionariedade exclusiva" nas decisões de distribuição e argumentou que a renegociação resultou em taxas superiores.

O comunicado da Disney afirmou que o assunto foi resolvido, enquanto a TSG não comentou. A representação legal incluiu John Berlinski pela Disney, conhecido por liderar a disputa de Scarlett Johansson, e Daniel Petrocelli, que também representou a Disney na ação de Johansson.

O acordo põe fim a uma controvérsia que expõe as complexidades e disputas nos bastidores da indústria cinematográfica.