Publicidade

Que aconteceu Nagore Laffage? Como morreu?

Diogo Fernandes, 3 de março de 2024 11:58
Que aconteceu Nagore Laffage? Como morreu?

Embora não se possa negar que todas as perdas de vida são muito dolorosas, o luto e a dor aumentam ainda mais quando a razão por trás delas é não só totalmente sem sentido, mas também inteiramente desumana.

Infelizmente, como cuidadosamente documentado na série da Netflix, Não Estás Sozinha: A Luta Contra La Manada, foi precisamente esse o tipo de fim que Nagore Laffage encontrou no verão de 2008, aos 20 anos. Assim, se apenas deseja saber mais sobre o mesmo — com foco nos eventos ocorridos, nas investigações subsequentes e no aftermath geral — temos os detalhes para si.

Nagore Laffage Foi Morta por Dizer Não

Nagore, natural de Irún e a residir em Pamplona, via-se a viver uma vida confortável e estável enquanto perseguia o seu sonho de se tornar enfermeira. No entanto, essa aspiração foi abruptamente interrompida numa trágica noite durante os Sanfermines, em 7 de julho de 2008.

A jovem de 20 anos foi vista pela última vez a celebrar o festival com amigos. Encontrou-se com José Diego Yllanes Vizcay, colega de trabalho e psiquiatra de 27 anos, para uma suposta conversa. Infelizmente, a noite tomou um rumo sombrio quando, após a recusa de Nagore em ter relações sexuais, José a matou. A tragédia foi revelada quando ele ligou desesperadamente a um amigo, pedindo ajuda para se livrar do corpo.

Depois veio a chamada de José a um amigo por volta da 1h da manhã de 8 de julho, onde ele pediu freneticamente ajuda para se livrar do corpo de Nagore porque acabara por matá-la após a recusa dela em ter relações sexuais. Felizmente, tudo o que este último fez foi imediatamente transmitir esta informação às autoridades locais, levando à prisão do agressor confesso em poucas horas — embora já fosse tarde demais para ela.

Não só tinha sido assassinada durante a noite, mas no momento da sua detenção, ele também tentara desmembrar os seus restos mortais, limpar as provas e abandonar tudo a 45 minutos de distância em Orondritz.

Nagore Laffage Morreu às Mãos do Seu Agressor

Nagore Laffage foi encontrada brutalmente assassinada, com 36-38 ferimentos pelo corpo, incluindo mandíbula quebrada, costelas machucadas e crânio fraturado. A causa da sua morte foi estrangulamento, perpetrado por José Diego Yllanes Vizcay. 

Ele justificou as suas ações, alegando ter perdido o controle devido à raiva e embriaguez, afirmando uma mudança na sua perceção da realidade. No tribunal, a defesa questionou a vítima, Nagore, levantando dúvidas sobre as suas escolhas e o tempo gasto com o agressor.

José foi considerado culpado de homicídio involuntário, com atenuantes de álcool, confissão, surto e reparação pelo dano, e uma circunstância agravante de abuso de superioridade. O júri ficou dividido entre homicídio e homicídio involuntário, mas as leis exigiam sete votos para o veredicto mais grave. José recebeu uma pena de 12 anos e meio de prisão, já cumprida.

O caso de Nagore Laffage tornou-se um símbolo das lutas sociais das mulheres e destacou a necessidade de tolerância zero contra a violência sexual, além de evidenciar deficiências na formação sobre tais questões no sistema espanhol.

Não percas a série Não Estás Sozinha: A Luta Contra La Manada já disponível na Netflix



Onde ver Não Estás Sozinha: A Luta Contra La Manada Online?

JustWatch


Escolha uma plataforma de Streaming e encontra as estreias, lançamentos e notícias: