critica-jungle-cruise-uma-aventura-familiar-refrescante

Crítica: Jungle Cruise - uma aventura familiar refrescante!

Anna Hrushytska, 16 de agosto de 2021 15:15

Jungle Cruise é um filme para a família que estreou no dia 30 de julho de 2021 nos cinemas e na Disney+ com o acesso premium. Então, aqui está a nossa opinião sobre esse filme de fantasia que conquistou pessoas de todas as idades. Cuidado com alguns spoilers!

O filme mostra o trabalho de equipa entre vários nomes surpreendeste de elenco, Emily BuntThe RockEdgar RamirezJack Whitehall! Além disso, Jaume Collet-Serra, o diretor, trabalhou em conjunto com a Walt Disney Studios Motion Pictures. No entanto, o filme está classificado com PG-13 com a MPAA por causa de algumas cenas de violência que existem.

Sobre o filme

Portanto, os pais que vão assistir o filme com os filhos têm que saber que o filme é uma aventura cheia de ação e fantasia. Este inspira-se no passeio clássico da Disneylândia e acontece no ano de 1916. Os maiores problemas de Jungle Cruise são a violência e o perigo: situações perigosas; vilões com maldições assustadores; vilão alemão; armas, torpedos, espadas, facas; morte implícita; cobras assustadoras; jaguar que na verdade é dócil. Além disso, aparecem várias garrafas com álcool, uma conversa com duplo sentido sobre a remoção de uma faca, algumas brincadeiras com duplo sentido e beijos.

A história de Jungle Cruise

Como disse mais cedo, a história acontece em 1916, onde vemos uma mulher britânica, Dr. Lily Houghton, a roubar uma ponta de flecha da amazónia de um grupo elite de homens. Aliás, o grupo é anti mulher, uma atitude normal da época, mas eles são exploradores e têm grande coleção de objetos. Então, com a flecha levará Lily até uma antiga árvore mística, as flores dela podem curar qualquer doença e maldição. Assim, Lily e o seu irmão MacGregor, vão para a Amazônia e contratam o capitão Frank Wolff para os guiar na perigosa aventura.

Mas, algumas coisas correm mal quando um príncipe alemão que está a procura da árvore os tenta matar. Além disso, eles ainda têm que lutar contra um grupo de conquistadores espanhóis que estão amaldiçoados.

O desempenho dos personagens

O elenco principal tornou o filme encantador, divertido e nostálgico com as semelhanças com A Múmia e Piratas das Caraíbas. Além disso, The Rock consegue deixar qualquer personagem agradável com as piadas secas de Frank. Já a Lily é uma personagem inovadora e refrescante que provoca ao usar calças. Ela também tem uma relação maravilhosa com o seu irmão que é elegante e exigente, mas que a segue até o final do mundo se precisar. Aliás, MacGregor revela que a sua vida amorosa tem outros caminhos, por isso rejeitou três pedidos de casamento. Isso deixa o personagem mais real e mostra como é a homossexualidade na época.

Mas, existem outros membros do elenco que fizeram ótimo trabalho com os personagens, como Paul Giamatti, um magnata de barcos. Também o Edgar Ramirez com o seu papel de conquistador e vilão chefe Aguirre. Já Jesse Plemos fez uma caricatura de um vilão sociopata, o príncipe alemão Joachim.

Opinião pessoal

Para mim o filme conseguiu trazer aquele sentimento de um filme antigo de aventura, como A Múmia Indiana Jones. Além disso é um filme que desperta todo o tipo de sentimentos desde o entusiamo até o choro com algumas das cenas. É uma mistura, mas com cada sentimento no momento correto, além de muito alívio cómico com as piadas de Frank. 

Mas, apesar de ser um filme leve, traz algumas questões importantes, como o estereótipo dos índios, o papel da mulher na sociedade e a homossexualidade. São pensamentos complexos e difíceis que no filme aparecem de forma leve e sem grandes discursos morais, o que também torna-se apropriado para público mais jovem. 

No entanto, cada filme tem os seus pontos negativos e positivos por isso vamos falar de alguns deles. Para mim os mais positivos são o trabalho em equipa, coragem e persistência que os personagens mostram. Além de tratar assuntos delicados de forma simples para as crianças que assistirem o filme. Ainda, o design e a imagem estética são impressionantes, com vários detalhes que deixam a aventura mais linda.

Mas, no início vemos a tribo dos nativos da Amazônia representados como canibais furiosos, apesar de tudo ser apenas um jogo. Nem todos vão concordar que é algo digno de se fazer pois aumenta o estereótipo que já existe. Além disso, nem todos apoiam a homossexualidade, o que pode trazer mais consequências para o filme. Por fim, tudo depende do ponto de vista de cada um, mas é um filme que vale a pena assistir. Afinal, quem não gosta de ver o The Rock atuar?


Não te esqueças de deixares um gosto nas nossas páginas das redes sociais e ficar a par de todas as novidades em primeira mão. Estamos presentes no Facebook , Instagram , e ainda no Google Notícias.

Disney+ Portugal Crítica
Combinação Perfeita vai chegar à Netflix, o Elenco, Trailer e Sinopse

Combinação Perfeita vai chegar à Netflix, o Elenco, Trailer e Sinopse


Spiderhead com Chris Hemsworth ganha Trailer Oficial para Netflix

Spiderhead com Chris Hemsworth ganha Trailer Oficial para Netflix


Netflix: Sandman, Sweet Tooth, Alice in Boderlands e mais têm novidades em junho

Netflix: Sandman, Sweet Tooth, Alice in Boderlands e mais têm novidades em junho


Inferno Cibernético vai estrear na Netflix, o Trailer e História

Inferno Cibernético vai estrear na Netflix, o Trailer e História


Onde está Dr. Donald Cline hoje visto em O Nosso Pai? Quem foi?

Onde está Dr. Donald Cline hoje visto em O Nosso Pai? Quem foi?