critica-nao-podes-fugir-do-amor-um-romance-que-aquece-o-coracao

Crítica: Não Podes Fugir Do Amor um romance que aquece o coração

Uma história com um certo encanto e que derrete corações

Diogo Fernandes, 1 de agosto de 2021 20:02

Não Podes Fugir Do Amor é uma comédia romântica que chega à Netflix para agarrar os fãs de filmes adorados dos portugueses das tardes de sàbado em família na SIC hà uns bons anos, onde exibiam filmes como The Holiday ou Just Go with It com Adam Sandler.

Segundo sinopse "Em modo de recuperação de um noivado desfeito e em plena crise profissional, Erica, decide aceitar um trabalho em um resort como cantora. Só que ela nem imagina o que está a chegar.".

Antes de começar aviso que abaixo se podem encontrar alguns spoilers e que esta crítica é mais uma opinião dos pontos que achei mais interessante ao longo do filme.

Então vamos à Crítica

Uma das primeiras cenas, e uma das últimas cenas do filme tem um pequeno toque mágico, que é a passagem da música No One, da cantora e produtora do filme de que te falamos, Alicia Keys. Este pequeno pormenor, que mesmo não diga nada a muitos, acho que foi uma ótima forma da artista deixar a sua marca e de arrepiar muitos, como me aconteceu a mim.

Acima mencionei que Não Podes Fugir Do Amor me fez relembrar várias das comédias românticas onde, por exemplo, Adam Sandler participal. No entanto, adicionaria dois pormenores que não se veem nos filmes com o ator. Em primeiro notei que alguns movimentos de câmara dão um ar um pouco infantil. Por outro lado achei que são abordados temas interessantes e discutíveis, que me fizeram refletir sobre assuntos como "Será que sei o que é realmente o amor?", "Será que tenho a noção do que realmente o casamento e o compromisso que é a longo prazo?", ou ainda, que por vezes sofremos e queremos tanto alguém, mas no fundo não a queremos mesmo, até porque sabemos que aquela pessoa não encaixa connosco. Ainda neste contexto, recentemente tive uma discussão com uma amiga, porque poucos meses após se terem conhecido, queriam ir viver juntos. Na altura, e quando ela me pediu a opinião, eu disse que achava que era muito cedo, e que deveriam esperar para se conhecerem melhor. Aí, a resposta que ela me deu foi, "Bem, pelo menos assim ficamos a saber se conseguimos viver um com o outro. Se não for para sempre, assim já sabemos.". Esta resposta ficou-me na cabeça e acho que está bastante relacionada com todo o contexto do filme, e a reflexão que nos pretende fazer.

Agora, e fora de temas mais profundos, acho que a escolha de protagonistas foi bem escolhida, com Christina Milian (Erica), Jay Pharoah (Jason), Sinqua Walls (Caleb) e Christiani Pitts (Beverly) a fazerem um bom trabalho e a entregarem o que se espera num filme do género. A química necessária para entregar um bom filme nem sempre é a melhor, mas até que estamos perante um bom trabalho, principalmente entre Erica e Caleb.

Não achei que Não Podes Fugir Do Amor seja um filme muito previsível, tendo um final que nem sempre esperei devido às reviravoltas que vemos ao longo dos 101 minutos.

Sendo este o segundo projeto em que a Alicia Keys trabalhou como produtora para a Netflix, achei que este ficou um nível abaixo do que vi em Work It com Sabrina Carpenter, podendo não estar diretamente relacionado com a artista, mas por exemplo devido a uma falta de orçamento.

Não Podes Fugir Do Amor é um filme que já está disponível na Netflix e que aconselho a ver, descrevendo-o como um filme fácil de ver, ideal para ver em família, sozinho ou ainda com o par romântico.


Não te esqueças de deixares um gosto nas nossas páginas das redes sociais e ficar a par de todas as novidades em primeira mão. Estamos presentes no Facebook , Instagram , e ainda no Google Notícias.

Netflix Crítica

Entra na tua conta para poderes comentar e ganhar pontos, Clica aqui.

profile-pic
Convidadohá 2 meses
1º Nível - Baby Yoda

Aguardando com muita expectativa