disney

Crítica: Viúva Negra: uma despedida da nossa Natasha Romanoff

Anna Hrushytska, 18 de julho de 2021 21:27

Entretanto, depois de um atraso de mais de um ano saiu o filme da Viúva Negra, da nossa vingadora favorita! Então aqui está a nossa opinião sobre o filme.

O enredo do filme

O filme da famosa Vingadora começa na década de 90, onde vemos a pequena Natasha com a sua família em Ohio. Ela, é a filha mais velha de Alexei e Melina e irmã mais velha de Yelena, mas na verdade toda a família é uma mentira. Os pais são espiões russos e a Natasha é uma menina que já esteve a treinar na Sala Vermelha, um campo de treinamento intensivo. Nele as mulheres tornam-se máquinas assassinas. Quando Melina e Alexei voltam à Rússia, Yelena e Natasha são separadas e ambas tornam-se assassinas profissionais.

Então, depois de um salto no tempo, vemos Natasha já crescida a fugir do governo após os acontecimentos em Capitão América: Guerra Civil. Quando ela consegue finalmente esconder-se num lugar "seguro" a Yelena envia-lhe uma caixa com vários frascos de líquido vermelho. Yelena, separada da irmã durante anos, tornou-se uma verdadeira máquina assassina com a sua mente sendo controlada. Mas, logo ela recupera a sua liberdade através de um soro e o envia para Natasha com a esperança de estar seguro.

Por fim, Natasha descobre que a Sala Vermelha ainda está ativa e que Dreykov também está vivo no final das contas. Dessa forma, ela reúne as forças com a sua falsa família para colocarem um fim no pesadelo vermelho e no controle das viúvas.

 O desempenho dos personagens

A maior protagonista do filme é a Scarlett Johansson, a eterna Viúva Negra, como sempre ela fez um ótimo trabalho em dar vida a personagem. Acredito que para ela também foi difícil fazer o filme e dizer adeus a Natasha Romanoff e o seu papel como heroína.

No entanto, em alguns momentos a sua personagem esteve ofuscada pelos outros personagens, como: Aleixei, o Guardião Vermelho, de David Harbour; Melina, a mãe espiã, de Rachel Weisz; Yelena de Florence Pugh. Eles conseguiram roubar a atenção com vários momentos cómicos. Principalmente a Pugh que tornou-se uma das favoritas neste momento fazendo piada da vida de vingadora da irmã. Além disso, o filme abriu um grande caminho para a sua personagem no universo da Marvel!

Opinião pessoal

Através dos trailers e das informações que a Marvel lançou o filme prometia faz jus à personagem, com várias cenas de luta. Mas, apesar de ser um bom filme, os fãs não o receberam da melhor forma. As maiores reclamações são de história fraca, os efeitos especiais e que não há evolução de personagem.

Mas, para mim o filme é uma despedida digna da personagem, afinal conta a história do surgimento da mesma e como ela tornou-se num ícone. Com o filme consegui entender o porquê da frieza da Romanoff e do porquê ela ser um "monstro". Além disso, agora sabemos o motivo do suicídio no Endgame! Afinal, a escolha estava entre um homem com família e filhos para cuidar e uma mulher que não consegue ter uma família própria. No final das contas, o filme é bom da sua forma, afinal todos os filmes têm os seus defeitos!


Não te esqueças de deixares um gosto nas nossas páginas das redes sociais e ficar a par de todas as novidades em primeira mão. Estamos presentes no Facebook , Instagram , e ainda no Google Notícias.

Disney+ Marvel Crítica

Entra na tua conta para poderes comentar e ganhar pontos, Clica aqui.