Publicidade

Dwayne Johnson faz doação "histórica" em apoio à greve da SAG-AFTRA

Tiago Silva, 25 de julho de 2023 06:30

A partir de 13 de julho, o Sindicato dos Atores norte-americanos, a SAG-AFTRA, declarou oficialmente que iria entrar em greve. O seu presidente Courtney B. Vance e a sua diretora executiva Cyd Wilson enviaram uma carta a 2700 atores de alto rendimento, explicando a necessidade financeira que muitos enfrentariam durante a greve. Durante a pandemia do COVID-19, a fundação forneceu ajuda financeira aos membros do sindicato, e agora usará novamente o seu programa de assistência financeira de emergência para ajudar os atores durante a greve.

"Já passámos por isto durante o COVID-19 e tivemos uma resposta excelente dos nossos membros para ajudar os seus colegas, e quando decidimos entrar em greve, o Courtney e eu sentámo-nos com a nossa equipa e dissemos: 'Aqui vamos nós de novo'", contou Wilson em entrevista ao Variety.

O site confirma que Dwayne "The Rock" Johnson fez uma doação de sete dígitos para ajudar os atores afetados pela greve. O montante é o maior que a fundação já recebeu de um indivíduo. A ajuda financeira fornecida pela fundação é crucial para muitos atores que não atingem o limiar necessário para se qualificarem para o seguro de saúde.

"Foi uma festa de amor. É como: 'estás a dar um passo gigante que permite que outros saibam a necessidade urgente disso'.", disse B. Vance sobre a sua chamada com Johnson.

Os membros do SAG-AFTRA enfrentam dificuldades financeiras durante a greve, que também afeta aqueles que já foram impactados pela pandemia de COVID-19. A fundação está a processar um número significativamente maior de pedidos de ajuda financeira e espera que esse número continue a aumentar: "Estamos a processar provavelmente cinco a dez vezes mais pedidos de ajuda financeira do que normalmente faríamos numa semana e acreditamos que isso vai continuar a aumentar.", revelou Wilson.

A doação de Dwayne Johnson ajudará milhares de atores a manterem-se financeiramente durante este período difícil. A fundação está preparada para ajudar os membros a longo prazo e agradece o apoio de Johnson e outros que se juntarem à causa: "O público geral pode pensar que todos os atores ganham milhões de dólares, e há alguns que o fazem, mas é uma percentagem muito pequena. Mas esses atores que depois ganham Óscares e têm um enorme sucesso não poderiam fazer esses filmes e séries sem as centenas de atores que fazem parte da figuração. As nossas estrelas entendem que não podem fazer um filme sem estas pessoas.", continou Wilson.

A situação da greve ressalta a importância do trabalho da fundação e da necessidade de ajudar os membros do Sindicato que enfrentam dificuldades financeiras. A solidariedade dos membros e a generosidade de pessoas como Dwayne Johnson são fundamentais para apoiar os atores em tempos difíceis: "Temos mais de 160 mil artistas que fazem parte da SAG-AFTRA e isso é muita gente que vai precisar da nossa ajuda. Esta doação é o impulso que precisávamos na primeira semana do que achamos que será uma luta longa."

"95% das pessoas na nossa indústria não trabalham regularmente; reconhecemos isso. Tudo o que estamos a fazer é sobre as pessoas que estão nas linhas de piquete e a fazer com que os estúdios saibam que estamos aqui, que não vamos a lugar nenhum, que merecemos melhor e não aceitaremos menos. Por isso, estou grato aos nossos membros, aos líderes da nossa organização, aos líderes do Sindicato - Fran Drescher e ao comité de negociação. Vamos lá chegar, vai levar um pouco de tempo, mas vamos lá chegar.", concluiu Courtney B. Vance.