Estúdio independente A24 vai entrar no mercado de blockbusters

Tiago Silva, 12 de outubro de 2023 06:30
Estúdio independente A24 vai entrar no mercado de blockbusters

A A24 vai avançar com produções de alto orçamento e do género de ação!

Após o sucesso de 140 milhões de dólares nas bilheteiras e "varrer" os Óscares com Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo, a A24 anunciou que irá aproveitar a sua notoriedade no cinema independente e nos prémios para explorar projetos mais comerciais (como blockbusters), uma estratégia semelhante à da Netflix

Segundo informações avançadas pelo The Wrap, o estúdio independente vai produzir "projetos de ação e de grandes propriedades (os chamados "IPs")" enquanto "diminui o foco nos dramas tradicionais focados em personagens e realizadores".

Em março de 2022, chegou a ser noticiado que a A24 foi avaliada em 2,5 mil milhões de dólares. Este número impressionante levou a fontes ligadas ao site a concordar que a empresa deve começar a ganhar dinheiro.

Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo foi o primeiro filme da A24 a ultrapassar a meta de 100 milhões de dólares nas bilheteiras. Conseguiu conquistar sete Óscares, recebeu uma aclamação quase unânime, e foi a manobra da empresa em direção à produção cinematográfica convencional - mesmo que não o parecesse imediatamente. Realizado por Daniel Kwan e Daniel Scheinert, a longa-metragem aproveitou a "onda" do multiverso que a Marvel tem usado nos seus últimos projetos para criar algo que realmente conseguiu captar a atenção do público.

Para cada Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo existem vários projetos que não conseguem atingir nem 10% desse sucesso. Este é o caso de Beau Tem Medo e até A Lenda do Cavaleiro Verde, duas fantasias de médio orçamento que não são tão apelativas para o público geral. "Os rótulos de filmes de autor nunca duram, a menos que se mantenham pequenos... A A24 obviamente ganhará prémios, mas só se pode perder dinheiro durante tanto tempo.", disse uma fonte.

Embora esteja interessa em entrar no mercado dos blockbusters, o estúdio não vai deixar o seu "bebé". A A24 também é conhecida por uma série de filmes de terror originais. Já começou a ampliar essa reputação com a aquisição de propriedades intelectuais já estabelecidas. No mês passado, foi revelado que a empresa estava a lutar ativamente pelos direitos televisivos da saga Halloween, o que se seguiu ao anúncio de que também estava a produzir uma prequela televisiva de Sexta-Feira 13, intitulada de Crystal Lake. 

A A24 querer produzir projetos de propriedade intelectual com popularidade ao lado de filmes de autor já é uma estratégia familiar que vimos com serviços de streaming. O maior exemplo é a Netflix, que lançou candidatos a Óscar realizados por autores (como Roma ou The Irishman) ao mesmo tempo que produziu conteúdos de ação de grande orçamento (como The Gray Man ou Red Notice) após estabelecer alguma credibilidade. Talvez a A24 consiga encontrar um equilíbrio que funcione tanto para o público como para o seu saldo bancário.


Não te esqueças de deixares um gosto nas nossas páginas das redes sociais e ficar a par de todas as novidades em primeira mão. Estamos presentes no Facebook , Instagram , e ainda no Google Notícias.



Escolha uma plataforma de Streaming e encontra as estreias, lançamentos e notícias: