Publicidade

Final Explicado de "Sedução Real": Hee-Soo volta para Joseon

Final Explicado de "Sedução Real": Hee-Soo volta para Joseon

O desfecho do episódio 16 de Sedução Real marcou um momento crucial para Yi-in, proporcionando um encerramento significativo. Após anos tumultuosos na Qing e a trágica mudança de seu irmão, a vida de Yi-in assemelhava-se a uma montanha-russa. Ao tornar-se Rei, os desafios persistentes tornaram os seus dias inquietos.

Mas no final, o que é que acontece em detalhe? Bem, é isso que vamos analisar agora. Fica por aqui.

O Que Propôs a Rainha Viúva a Yi-In? 

A complexa dinâmica entre Yi-in, Hee-soo e a Rainha Viúva atinge um ponto crítico no episódio 16 de Captivating the King. A Rainha Viúva, inicialmente feliz pela perspectiva de Yi-in ter alguém que ama, desencadeia um tumulto ao insistir para que ele se case com Hee-soo, garantindo assim um herdeiro para o trono.

A recusa de Yi-in em forçar Hee-soo a ser sua concubina desencadeia a ira da Rainha Viúva, que se sente traída e incompreendida. A situação atinge seu clímax quando, diante da escolha entre perder Hee-soo ou arriscar a relação entre a Qing e Joseon, Yi-in toma uma decisão dolorosa. O futuro incerto de Hee-soo em Pequim e as tensões familiares são elementos cruciais, prometendo um desenrolar intrigante no desfecho de Captivating the King.

O Que Aconteceu a Jong Je-Pyo? 

Jong Je-pyo, agora designado como general supremo em Joseon, revela-se como um agente duplo ao conspirar com o Príncipe Rui da Qing. Consciente da traição de Je-pyo, Yi-in elabora um plano astuto para desmascará-lo. Ao saber da chegada iminente do contingente da Qing ao Mohwa Guesthouse, Je-pyo solicita ao rei a permissão para recebê-los pessoalmente, buscando angariar o favor do imperador da Qing. Contudo, Yi-in, ciente das maquinações de Je-pyo, age com determinação.

Ele denuncia a traição de Je-pyo ao imperador da Qing, que exige sua custódia. Embora Je-pyo chore e implore por clemência, Yi-in sabe que ele não merece perdão. Um homem capaz de trair até mesmo seus aliados mais próximos, Je-pyo é banido, garantindo a segurança do reino de Joseon contra suas intrigas.

Hee-Soo Conseguiu Voltar a Joseon?

No emocionante episódio 16 de Sedução Real, Hee-soo embarcou rumo a Pequim, onde foi designada para o cobiçado cargo de Gidaejo, uma posição governamental.

Acompanhada por Chu Dul-ha, ela teve um retorno triunfal, mas não sem antes resolver uma questão pendente. Antes de sua partida, Chu Dul-ha executou Yoo Hyun-bo, o assassino do zelador local, de maneira que não levantasse suspeitas. Apesar do ato, Chu Dul-ha percebeu que, ao eliminar um criminoso exilado, sua ação seria ignorada. Hee-soo, após nove meses de sobrevivência na Qing, finalmente se reuniu com Bun-jeong.

Demonstrando astúcia, ela revelou seu verdadeiro nome a Yi-in no desfecho, assegurando-lhe que o império Qing não ousaria confrontar Joseon devido às ações corajosas de Yi-in. O final feliz entre Yi-in e Hee-soo é marcado pela esperança de uma futura aliança matrimonial, evidenciando que, observando o casal, é evidente que são destinados um ao outro. O desfecho positivo de suas lutas reflete a força do amor e das ações corajosas em "Captivating the King".



Onde ver Sedução Real Online?

JustWatch


Escolha uma plataforma de Streaming e encontra as estreias, lançamentos e notícias: