onde-esta-hunter-moore-agora-e-a-anybody-up

Onde está Hunter Moore agora? Foi preso? E a Anybody Up?

Diogo Oliveira, 2 de agosto de 2022 22:20

Hunter Moore é o foco da nova série da Netflix, The Most Hated Man na Internet. À medida que a série chega à casa dos subscritores da Netflix, muitos se perguntam, onde está Hunter Moore agora?

The Most Hated Man in the Internet é uma série de três partes que detalha os crimes de Hunter Moore que cria um site pornográfico como vingança - contando a história da mãe Charlotte Laws que luta contra ele quando fotos nuas da sua filha são publicadas online sem a sua permissão.

Aqueles que já viram a série estão cheios de perguntas - com a maior a ser onde está Hunter Moore agora? Foi para a prisão pelos seus crimes? Aqui vamos partilhar tudo o que há para saber.

Onde está Hunter Moore agora?

Hunter Moore mantém-se discreto hoje em dia, após ter sido libertado da prisão em 2017. Hunter ainda está banido do Facebook, mas está ativo no Twitter na conta @_iamhuntermoore, publicando muitas vezes selfies no ginásio e fotografias do seu cão.

Em 2017, a Substream Magazine revelou que Hunter planeava fazer faixas EDM após a sua libertação da prisão, e lançou uma música chamada Make The Internet Great Again. Também escreveu um controverso livro chamado Is Anyone Up? lançado em 2018.

Hoje, nas redes sociais, tornou-se mais um irmão de ginástica - recentemente tweetando: "Olhem, eu cumpri o meu tempo atrás das grades. Vivo a minha vida pacificamente agora, tem sido uma década a pensar sobre o que aconteceu. Alguns de vocês amam-me, a maioria de vocês odeia-me, se quiserem que eu peça desculpas bem, não o faria. Eu não devo nada a ninguém."

No site Tudum da Netflix, é afirmado que Hunter tinha inicialmente concordado em participar na nova série da Netflix. No entanto, mais tarde retirou-se por razões desconhecidas.

Para onde foi Hunter Moore?

Hunter Moore foi um autoproclamado "arruinador de vidas" que encontrou fama no início dos anos 2010 quando fundou a IsAnyoneUp.com, um notório centro de pornografia de vingança. O site era originalmente destinado a ser um site menos explicito, tendo mais tarde publicado uma foto nua de uma rapariga com quem namorava. Quando voltou ao local uma semana depois, teve cerca de 14.000 acessos, por isso, decidiu adicionar mais fotografias nuas.

No entanto, desta vez as fotografias que publicou não eram apenas de pessoas que as tinham submetida de si mesmas, mas publicadas por outras pessoas – normalmente ex-namorados e namoradas.

Quando uma fotografia surgia no site, de acordo com a Rolling Stone, incluía: "O nome completo, a profissão, o perfil das redes sociais e a cidade de residência - o que garantia que as fotos iriam aparecer no Google", deixando familiares e empregadores suscetíveis de encontrar as fotos. Hunter e uma equipa que o apoiava, começou a hackear computadores de pessoas e a publicar fotos indecentes que encontraram escondidas entre os ficheiros originais dos donos.

Ao longo dos 16 meses em que o site teve online, publicou - sem consentimento - fotografias nuas de alunos, mães, professores, mulheres em cadeiras de rodas e até de uma mulher na mesa de um médico após a cirurgia.

No seu auge, tinha cerca de 350.000 utilizadores únicos por dia, e fazia até $30.000 por mês em receitas publicitárias. Hunter escondeu-se atrás da lei por considerar ser "conteúdo gerado pelo utilizador".

Quando as vítimas tentavam enviar cartas ou e-mails de cessação e desistência, implorando-lhe que retirasse as imagens, respondia com apenas uma palavra: "LOL".

Hunter Moore foi para a prisão? Quando tempo?

Sim, Hunter Moore foi condenado a uma pena de prisão de dois anos e seis meses, entre 2015 e 2017, pelos seus crimes de Pornografia de Vingança.  Em fevereiro de 2015, declarou-se culpado de crimes por roubo de identidade agravado e cumplicidade no acesso não autorizado a computadores.

Além do tempo que passou lá dentro, Moore foi condenado a submeter-se a uma avaliação de saúde mental enquanto estava atrás das grades, pagar uma multa de 2.000 dólares, uma taxa de restituição de 145,70 dólares, e a cumprir três anos de liberdade condicional após sair.

Durante a sua sentença, a juíza Dolly Gee disse: "Ele escondeu-se atrás da sua personagem online e envolveu-se em comportamentos horríveis. Agora tensde enfrentar as consequências das tuas próprias ações. O seu mau julgamento causou muita dor às suas vítimas e à sua família."

De acordo com o Federal Bureau of Prisons este foi libertado da prisão a 22 de setembro de 2017.

Em 2021, Hunter twittou: "Sabes o meu nome, não a minha história. Ouviste o que fiz, mas não aquilo pelo que passei."

O que acontece para a Is Anybody Up?

IsAnybodyUp.com foi forçado a fechar em 2012, e o domínio foi entregue ao site anti-bullying Bullyville.com. Fundado pelo ex-fuzileiro americano James McGibney, conseguiu que Hunter concordasse em vender o domínio original e a redirecioná-lo para Bullyville.

No momento da venda, Moore partilhou algo próximo de um pedido de desculpas numa carta aberta, escrevendo: "Acho importante que todos percebam os danos que o bullying online pode causar."

No entanto, Hunter ainda faz tweets regularmente sobre o site, tendo recentemente postado: "Neste dia há 12 anos atrás vendi o meu site IsAnyoneUp, e o resto é história." Referindo-se ao site, também tweets regularmente a pergunta: "Is Anyone Up (Alguém está de pé)?"

O realizador de O Homem Mais Odiado da Internet, Alex Marengo, falou da importância da série da Netflix: "Vi imediatamente que esta história podia fazer uma série absolutamente convincente: uma cruzada pela justiça contra todas as probabilidades num mundo de depravação real e online."

"Alguns divertiram-se nele, outros tiveram as suas vidas arruinadas. Estou tão orgulhoso da nossa equipa talentosa que transformou a visão de Hunter Moore e transformou as suas vítimas nos vencedores finais, dando-lhes as suas vozes, silenciadas até agora."


Não te esqueças de deixares um gosto nas nossas páginas das redes sociais e ficar a par de todas as novidades em primeira mão. Estamos presentes no Facebook , Instagram , e ainda no Google Notícias.

Netflix Portugal Curiosidades
Partir do Zero, série inspirada em histórias reais vai estrear na Netflix

Partir do Zero, série inspirada em histórias reais vai estrear na Netflix


Manifest, Temporada 4, data de estreia, trailer e elenco

Manifest, Temporada 4, data de estreia, trailer e elenco


Quantas pessoas morreram no Woodstock 99? Documentário da Netflix

Quantas pessoas morreram no Woodstock 99? Documentário da Netflix


Locke & Key vai ter 4º Temporada? Novos filmes e séries no futuro?

Locke & Key vai ter 4º Temporada? Novos filmes e séries no futuro?


A Imperatriz, série da Imperatriz Isabel vai estrear na Netflix

A Imperatriz, série da Imperatriz Isabel vai estrear na Netflix


profile-pic
Convidadohá 5 dias

Pelo grau de danos à reputação e psicológico das vítimas, 2 anos e meio de pena, considero ridiculamente irrisório.