Publicidade

Spotify vai subir o preço subscrição pela primeira vez

Diogo Fernandes, 24 de julho de 2023 19:55

Como esperado, o Spotify finalmente aumentou o preço da sua subscrição premium de música em streaming para os €7.99 por mês, a primeira subida de preço desde o lançamento do serviço no país em 2011.

A mudança acontece apenas após meses de pressão da indústria musical e dos músicos — e ao ver cada um dos seus concorrentes aumentar os preços numa medida semelhante. Na sexta-feira, o Wall Street Journal noticiou que tal movimento era iminente.

Com uma redação estranhamente apologética e que reflete a resistência prolongada do CEO e co-fundador Daniel Ek a aumentar os preços, a empresa fez o anúncio num post do blogue na manhã de segunda-feira.

“O panorama de mercado tem continuado a evoluir desde o nosso lançamento”, lê-se. “Para podermos continuar a inovar, estamos a mudar os nossos preços Premium em vários mercados* em todo o mundo. Estas atualizações vão ajudar-nos a continuar a oferecer valor aos fãs e artistas na nossa plataforma.".

A partir de hoje, os subscritores existentes nestes mercados vão receber um email a explicar o que isto significa para a sua conta.

O Spotify — que, segundo o seu último relatório de ganhos, é o maior serviço de música por subscrição paga do mundo com cerca de 210 milhões de subscritores— está também a aumentar os seus preços Premium em cerca de 50 outros mercados, incluindo o Canadá, grande parte da Europa e mercados na Ásia, América do Sul, e Australásia. Diz que os subscritores Premium terão “um período de carência de um mês antes que o novo preço entre em vigor, a menos que cancelem antes do fim do período de carência”.

A mudança acontece um dia antes dos ganhos do segundo trimestre de 2023 da empresa, a 25 de julho, antes da abertura do mercado.

Ek já afirmou anteriormente que a empresa está a considerar um aumento de preços nos EUA, seguindo aumentos de preços por parte de concorrentes como a Apple Music. “Quando os nossos concorrentes estão a aumentar os seus preços, isso é realmente bom para nós”, disse na chamada de ganhos do terceiro trimestre de 2022 da empresa em outubro, observando que a empresa tinha até aquele momento aumentado os preços mais de 40 vezes em mercados de todo o mundo.

No outono passado, a Apple Music aumentou o preço da sua subscrição para $10.99 por mês para cada utilizador, com o plano familiar a subir dois dólares para $16.99/mês, entre outros aumentos de planos. A Amazon Music Unlimited também aumentou o seu preço mensal para $10.99 (para membros não-Prime), e esta semana o YouTube aumentou o preço do plano YouTube Music Premium para $10.99/mês (ao mesmo tempo que aumentou a taxa do YouTube Premium em $2, para $13.99/mês).

Nos primeiros três meses de 2023, o Spotify ganhou 5 milhões de subscritores Premium — superando as suas expectativas — atingindo 210 milhões. No total, incluindo contas gratuitas com anúncios, contabilizou 515 milhões de utilizadores em todo o mundo. As receitas do primeiro trimestre ficaram aquém das orientações do Spotify, que a empresa atribuiu a desafios no seu negócio de publicidade.

Quando vai chegar este aumento a Portugal?

Ainda não se sabe quando é que vai chegar a Portugal, mas por norma, estes aumentos tendem a passar sempre as fronteiras, pelo que agora não deve ser diferente.

Temos de aguardar para ver o que acontece.

Como vão ficar os preços nos EUA?

  • Plano Premium - $10,99
  • Premium para Dois - $14,99
  • Plano Família - $16,99
  • Plano Estudante - $5,99

Como vão ficar os preços em Portugal?

  • Plano Premium - €7,99
  • Premium para Dois - €11,99
  • Plano Família - €13,99
  • Plano Estudante - €4,49


Escolha uma plataforma de Streaming e encontra as estreias, lançamentos e notícias: