Publicidade

Demissões na EA: Star Wars FPS é Cancelado e 670 Empregos Perdidos

Demissões na EA: Star Wars FPS é Cancelado e 670 Empregos Perdidos

A EA anunciou hoje o cancelamento do tão aguardado hoje de Star Wars em desenvolvimento na Respawn, como parte de uma reorganização que resultará em cerca de 670 empregos perdidos.

A empresa está se movendo em direção a um foco maior nas suas marcas próprias, como parte de uma estratégia de negócios mais concentrada.

Apesar do fim do Star Wars FPS, a franquia Star Wars: Jedi vai continuar com EA a confirmar um terceiro capítulo. A mudança ocorre a meio a uma crescente tendência da indústria de jogos para grandes jogos de mundo aberto e serviços ao vivo.

Além do cancelamento do Star Wars FPS, a EA também estará a reestruturar as suas equipas de Battlefield e fechando alguns jogos móveis como parte do realinhamento de negócios. A empresa pretende focar nas suas maiores franquias internas, como Apex Legends, Star Wars: Jedi, Iron Man, Black Panther, e Battlefield.

A notícia dos cortes é mais um exemplo das demissões em massa que estão a abalar a indústria de jogos, com mais de 10.000 desenvolvedores impactados em 2023 e quase 8.000 nos primeiros meses de 2024. Apesar dessas mudanças, EA ainda mantém uma postura otimista relativamente ao futuro, mantendo o seu compromisso com os jogadores e a suas franquias estabelecidas.

Os cortes de empregos no setor de videojogos continuam a despertar preocupações sobre a estabilidade dos desenvolvedores e a constante evolução da indústria.

A EA está agora focada em ajustar a sua estratégia para se manter competitiva e relevante num ambiente de jogos em constante mudança.



Escolha uma plataforma de Streaming e encontra as estreias, lançamentos e notícias: