Publicidade

Indiana Jones 5 pode não ser sucesso financeiro que se esperava

Diogo Fernandes, 1 de julho de 2023 20:52

Indiana Jones 5 iniciou a sua última cruzada nas bilheteiras, com o quinto filme da franquia a arrecadar $24 milhões no dia de estreia em 4 600 cinemas. Este valor inclui $7,2 milhões das pré-visualizações de quinta-feira.

Espera-se que a estreia da Disney e da Lucasfilm que fique perto das projeções mais baixas, com uma abertura de cerca de $60 milhões nos primeiros três dias. Será mais do que suficiente para o filme de ação e aventura de Harrison Ford alcançar o primeiro lugar nas tabelas domésticas, preparando-se para atrair multidões durante o feriado do Dia da Independência - mas não é exatamente o tom vitorioso para um dos êxitos de bilheteira mais caros de sempre, com um orçamento de produção de $295 milhões. Indiana Jones 5 enfrenta uma caminhada árdua para atingir a rentabilidade nas salas de cinema.

O céu tem estado nublado para Marcador do Destin há algumas semanas, desde que o final da franquia teve uma estreia no Festival de Cinema de Cannes e recebeu críticas que poderiam ser descritas gentilmente como mistas. Após suportar essa reação medíocre por mais de um mês, o filme estabilizou-se numa classificação de aprovação de 58% dos principais críticos no Rotten Tomatoes.

O primeiro grupo de compradores de bilhetes é mais positivo, como indicado pela classificação "B+" da empresa de pesquisa Cinema Score, mas ainda não é um nível de entusiasmo adequado para o regresso a casa de uma franquia querida, especialmente uma desta escala.

A última conquista de Indy foi Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, que arrecadou $100 milhões durante o feriado do Memorial Day em 2008 e alcançou uma receita mundial de $790 milhões. Esse filme também recebeu uma receção mediana, o que pode ter tirado parte da emoção da franquia para o público. Será difícil para Marcador do Destino igualar a receita final do seu antecessor.

James Mangold assumiu a cadeira de realizador para esta aventura depois de Steven Spielberg, cocriador da franquia, ter saído durante um longo processo de desenvolvimento. Em Marcador do Destino, Indiana Jones, envelhecido, procura um artefacto místico com o poder de mudar o curso da história. O aventureiro professor é acompanhado pela sua afilhada, Helena (Phoebe Waller-Bridge), numa corrida contra um antigo nazista (Mads Mikkelsen) pelo tesouro.

Embora a Disney esteja a enfrentar uma chegada dececionante para "Indiana Jones", pode encontrar algum consolo no facto de não ter o pior desempenho nas bilheteiras neste fim de semana. Ruby - Kraken Adolescente da Universal provavelmente estará fora dos cinco primeiros lugares após arrecadar $2,3 milhões em 3 400 cinemas na sexta-feira. Parece que o filme terminará com cerca de $6 milhões durante os três dias.

Ninguém na indústria tem previsto bons números para o filme de animação da DreamWorks, e esta abertura pouco entusiasmante representa o que já se previa. Enfrentando uma forte concorrência para o público familiar em "Indiana Jones" e nas continuações animadas Elemental e Homem-Aranha: Através do Aranhaverso, Ruby - Kraken Adolescente não tem esperança de recuperar o seu orçamento de produção de $70 milhões. Para o que vale, os compradores de bilhetes têm sido positivos, como indicado pela classificação "A-" no Cinema Score.

A Sony espera alcançar a segunda posição com Homem-Aranha: Através do Aranhaverso, prevendo uma receita de $11,7 milhões no seu quinto fim de semana de exibição. A sequela de Homem-Aranha deverá ter uma queda suave de cerca de 40%; os aracnídeos têm oito patas e este filme está a usá-las todas para manter os seus números em alta. A receita total nos Estados Unidos deve chegar a $340 milhões até domingo.

Elemental da Disney e Pixar está a apontar para o terceiro lugar. A animação romântica arrecadou $3,4 milhões na sexta-feira, elevando o seu total na América do Norte para $80 milhões. "Elemental" ainda não será capaz de justificar o seu orçamento de produção de $200 milhões após ter tido os piores números de abertura na história da Pixar, mas tem-se mantido bem desde então. O filme quase certamente ultrapassará uma receita doméstica de $100 milhões - um marco que parecia inalcançável há duas semanas.

Tudo na Boa! da Sony prevê arrecadar $7,1 milhões durante o fim de semana, o que elevaria a sua receita doméstica para $28 milhões. Seria uma modesta queda de 51% em relação aos números de abertura, mas a comédia de Jennifer Lawrence ainda custou $45 milhões para produzir.

Transformers: O Despertar das Feras deverá completar o top cinco, com uma queda de 43% no seu quarto fim de semana de exibição. A sequela da Paramount deverá alcançar uma receita doméstica de $135 milhões durante os três dias.



Escolha uma plataforma de Streaming e encontra as estreias, lançamentos e notícias: