Onde está Alessia Zecchini hoje? A história real De Tirar o Fôlego da Netflix

Diogo Fernandes, 23 de julho de 2023 12:35

Onde está Alessia Zecchini hoje? Neste artigo será discutido mais sobre a Freediver italiana após o lançamento do documentário da Netflix, De Tirar o Fôlego.

De Tirar o Fôlego é um documentário da Netflix de 2023 que examina o desporto extremo do mergulho livre e uma história em particular que terminou em tragédia. O filme conta a história de dois indivíduos altamente talentosos e motivados que encontraram amor pelo desporto e abraçaram o perigo e a emoção de participar dele.

A mergulhadora altamente talentosa Alessia Zecchini foi conduzida a tentar desafios cada vez mais perigosos. Num mergulho em particular, os eventos conspirariam contra ela, o seu parceiro e mergulhador de segurança, Stephen Keenan, resultando em tragédia.

O filme é difícil de ver e os perigos do desporto são evidentes, mas como às vezes acontece com pessoas que praticam desportos extremos, elas estão lá pela emoção e quanto mais fazem, mais se querem desafiar.

O filme, de Laura McGann, explora o mundo dos mergulhadores e explica o que aconteceu no fatídico dia em que Stephen e Alessia tentaram nadar pelo arco em The Blue Hole, em Dahab.

Embora lindamente filmadas, as cenas dos mergulhadores começam a criar uma atmosfera quase opressiva, ao mesmo tempo calmante e claustrofóbica.

Este artigo é um complemento ao filme e responderá à pergunta: onde está Alessia Zecchini agora?

Quem é Alessia Zecchini?

Alessia Zecchini, nascida em 30 de junho de 1992, é uma mergulhadora italiana, recordista. Desde adolescente, ela adorava mergulhar e desde 2012 faz parte da equipa italiana de mergulho livre indoor e outdoor.

Alessia teve uma carreira prestigiosa, conquistando dezasseis medalhas de ouro, cinco de prata e duas de bronze nos Campeonatos Mundiais. No seu site, Alessia diz: "Quando as pessoas me perguntam por que eu amo o mergulho livre, penso nessas três palavras: profundidade, entusiasmo e comprometimento. O mergulho livre para mim é isso e muito mais".

Ela explica o treino rigoroso necessário para o desporto e afirma que pode passar de três a quatro horas por dia entre a academia e a piscina. Alessia fez a sua primeira aparição numa competição oficial em 2011.

Ela terminaria em segundo lugar em duas disciplinas no Campeonato Italiano em Turim. Seria em 2013, em Kazan, que ela se tornaria campeã mundial pela primeira vez, além de conquistar uma prata e um bronze em outros dois eventos indoor.

Numa viagem ao Egito, ela conheceu e apaixonou-se pelo mergulhador irlandês Stephen Keenan. Alessia queria tentar um mergulho específico lá, e Stephen seria o seu mergulhador de segurança. Agora um casal, Alessia ficaria em Dahab com Stephen e trabalharia em direção ao mergulho apresentado no documentário da Netflix.

Relacionado: Sabe tudo sobre Lewis Strauss visto em Oppenheimer

Onde está Alessia Zecchini agora e ela ainda está viva?

Alessia está viva e continua a mergulhar e a competir em competições ao redor do mundo. Se estás interessado na sua posição atual no desporto, pode verificar  todas as suas recentes conquistas no seu site.

O seu site também reúne suas numerosas aparições nos media, incluindo artigos de jornais, matérias de revistas e entrevistas.


Não te esqueças de deixares um gosto nas nossas páginas das redes sociais e ficar a par de todas as novidades em primeira mão. Estamos presentes no Facebook , Instagram , e ainda no Google Notícias.



Escolha uma plataforma de Streaming e encontra as estreias, lançamentos e notícias: